Folk Pop Armenio -- inesperadamente moderno


Aqui no philosopop! nós temos uma obsessão não muito saudável com o folk pop, categoria pop.  É muito comum vermos (e exportarmos) um tipo de folk-pop, que origina nas músicas populares/popularescas, mas que já foi apopificado em extremo.  Os maiores exemplos brasileiros são o forró universitário e o sertanejo.  Porém aqui nós gostamos do folk pop (notem, sem hífen).   Essa é a música do povão, porém feita de maneira eletrônica e modernizada.  É a sombra do folk-pop pois é o lado que ama ser cafona, exagerado, lumpen, e vulgar.  Amamos a sem-vergonhice.

Acontece que musicalmente temos em geral produtos muito bons, que fora de suas culturas (onde são humilhados) soam e ressoam de maneira bem diferente, entre o odd e o interessante.  Eis um exemplo de um musicaço do folk armênio.  É trip-hop com toques de dubstep, com um batidão pesado, um clima sofisticadíssimo.  É interessante e glamurous como o DJ vasily é na Rússia.  Um philosoclássico!

No comments:

Post a comment