2016: o melhor filme Ghanense do universo inteiro!

Ghana produz filmes. Ghana produz ficção científica. Ghana produz 2016. Ghana #fails.




Gente, pra mim, o melhor momento é o alien/predador chutando a criancinha...se bem que a tiazona sendo esmagada pelo carro também é artchypura.  Esse trailer me dá vontade de vasculhar a cisterna da internet atrás desse filme.  E vc? 



Parchis: o módulo primário da turma do balão mágico



É incrível como o tropo Capitão Planeta em 5 pode aparecer nos mais diversos campos.  No caso em discussão conseguimos perceber o módulo Change/Flashman -- a chromia -- como construtora de identidades transitórias.

Vermelho é o gay lindo cheio de malemolência.  Um sonho para qualquer amante-de-efebos. AND HE KNOWS IT.  Vejam como ele tem domínio de câmera e palco.  Ele é lindo, e tira partido disso.

Amarela é a caipira desengonçada que no fundo é uma belíssima mulher querendo aflorar.  Vende alegria e uma doce sensualidade.

Verde é claramente a lésbica da galera.  Machinha e simpática, ela coloca ordem no lugar e faz com que a banda consiga ensaiar e cumprir suas tarefas.

Zen e espiritualizado, Branco faz a vez do conciliador suave de conflitos.  Diria-se a alma do grupo, se bandinhas pré-fabricadas em estúdios espanhóis tivessem alma.

Azul é o cara bacana, alegre e engraçado, gente boa, mas com um gravíssimo problema de vício em apostar.   Perderá o dinheiro da banda toda, acelerando o fim de tudo.

O passado secreto de Eri Johnson

SO MUCH WIN que eu não sei nem onde começar!!!


primeiro...é Carlos Imperial ! Lord Cafajeste Comunicador !
segundo... é concurso de discotheque.
terceiro....as melindrosas, nuff said.
quarto......é concurso de discotheque.
quinto......você nota o negão LEEENDO, o japinha fofucho, e uma beebeenha (participante 6)
sexto......você cai pra trás na hora da entrevista do dito número 6...aos 3:39 ... Johnson, Tijuca.

JOHNSON, TIJUCA

Marcelão, o isqueirão ... nosso querido Nego Moçambique !!


O Marcelão era baixista e vocalista do Oz. Um dia, sob condições óptimas de pressão e temperatura,  ele escutou Test Four do Sweet Exorcist.  Ele foi meio Superchocoboy.  Ele é UM GRANDE MÚSICO.  Ele tem a sorte de ser bem amado.  A música dele é wow. Ele é WoW. Nós, do philosopop, somos fãs!





As pepitas do Globo de Ouro !




São seis pepitas; são seis lindas pedras de ouro encontradas na mina de MPB chamada Globo de Ouro, um programa que ia do crasso ao psicodélico! Seis mulheres sensacionais! Escolhemos seis canções incomuns em vozes preciosas.  Divirtam-se!

Eliana Pittman -- Baile do Municipal



Clara Nunes -- Meu Sapato Já Furou



Fafá de Belém -- Filho da Bahia



Elizângela -- Pertinho de Você


Finger5 : Vocês vão me amar por ter repartido isso!!!

Finger5: groovy young lads from Japan


Vamos lá?
  • boy-band  ( x )
  • anos 70 ( x )
  • japoneses ( x )
  • imitando jackson 5 ( x )
  • um som maravilhoso ( x )
  • visual domingo no parque silvio santos concurso de discoteca ( x )
conheçam FINGER5 

A vida em 1999 ( de acordo com os anos 60 )



A Philco e a Ford foram muito visionárias ao prever como seria a vida em 1999.  Apesar do design ser bem da época, as previsões são extremamente acuradas.  Há o email, o escritório virtual, entertainment centre, internet...muito, muito maneiro. Vejam o vídeo, vale muito à pena.

Manos Arriba Olé !

 
Aforismos a respeito desta obra da contemporaneidade: Sábado Domingo -- Manos Arriba (1982)


  • Os Alemães nos anos oitenta conseguiram o dúbio título de país mais cafona do ocidente.  Com certeza um grande contribuidor para esse título foi o programa Muzik Laden, que exportou para o mundo a maneira germânica de ver/sentir o pop-world.  O que exatamente eram os Alemães nos eighties? Bem...
  • Imaginem uma ONU de cantores, instrumentistas, ritmistas, vocalistas, ... toda a ginga a graça a alegria o remelexo dos desafortunados.. africanos, mexicanos, brasileiros, ...até mesmo músicos escandinavos (uma TRUE mistura)! .... ok? agora imaginem a versão bizarro-world disso, ou seja... nada de ritmo, ziriguidum, calor, suor e tesão. É como se fosse o inverso multiplicativo que gera -1 ... e prova a perpendicularidade entre o real e ... isso... a realidade-alemã.

  • A música é tão sem alma que faz Boney M parecer Fela Kuti.
  • O cantorzinho é lindinho; ele é bem do tipo "me gusta"... só que a bandana...
  • A platéia me lembra Shaun of the Dead, tamanha a alegria e animação
  • Eu totalmente consigo enxergar minha tia-avó Rose-Marie e meu tio-avô dançando isso na pista de dança do saguão do navio, após o jantar com o capitão.
  • O tiozinho da bateria, ...sim, o que se esconde por trás do chapéu, .. deve ser imigrante ilegal, e o amigo dele o chantageou pra que ele aparecesse associado a isso...ódio antigo, coisa de cubano....
  • Só eu percebi que o rapaz de t-shirt com toranjas cortadas fica assustado ao ver a bela afro-caribenha dar uma voltinha de yansã?





uma arte brasileira: as aberturas de novelas mais philosopop!


Ousamos dizer que a telenovela brasileira é o zenith mundial em termos de telenovelas.  Somos os melhores na produção, desenvolvimento e sofisticação de narrativas e cotidianos.  Somos tão bons que conseguimos mudar a cara da telenovela mundial (que os digam os mexicanos que tiveram que mudar visceralmente suas produções).  Não iremos nos ater no assunto, pois temos admiração pelo trabalho do Nilson Xavier (um dos top conhecedores no Brasil).  Vejam a página dele (mas cuidado, é um poço sem fundo e vocês ficarão DIAS navegando, lendo, se distraindo, aprendendo...é viciante) TELEDRAMATURGIA << clique aqui.

Nós aqui do philosopop somos esculhambados amantes da narrativa televisual seriada, e escolhemos nossas aberturas de novelas favoritas.  O parâmetro é o nosso gosto pessoal, só.  O que vocês acham das que nós escolhemos?  E quais vocês amam?

Sinal de Alerta -- TV Globo -- 1978

 

Tempo de Viver -- TV Tupi -- 1973 



A História de Ana Raio e Zé Trovão -- TV Manchete -- 1990




Nina -- TV Globo -- 1977 



Ninho da Serpente -- TV Bandeirantes -- 1982

 


Dissecando Felicitá : The Al Bano & Romina Power Deconstructions



Philosopop resolveu retomar um passatempo dos mais favoritos, mas que com a correria da vida nada philoso- mas ultra-pop se perde: dissecar um video importante da minha vida pregressa, ainda teen ou twink. Não tenho mais a vergonha que costumava ter de possuir referências adicionais no meu desenvolver infanto-juvenil.  Meus pais eram antenados, eu era filho único e os seventies e eighties eram a água onde eu nadava.  Isso que gosto de dissecar é algo que nunca descolou de mim; é parte da minha experiência primeira, ou seja, olho pra isso com olhos de afetos e paixões originais e não-interrompidas.  E essa felicidade de poder compartilhar com vocês me faz escolher Felicitá, cantada por Al Bano & Romina Power.  Ele, um cafonália de marca maior...daqueles que canta e arrasa com as madrinhas de San Remo Festival.  Deve tomar um Campari ferrado, e com certeza tem gases.  É o papaizinho de Romina Power, filha de Tyrone Power, mas cuja vida foi com a mãe, uma italiana qualquer.   Romina parece ser legal, mas deve ser detestada por vários, como veremos na análise abaixo.


  • O logo do programa deve ser uma etiqueta auto-adesiva, feio como o cão.
  • A voz de Al Bano parece ter eco de si mesmo, como se fossem dois esganiçados em harmonia.
  • Romina está com as unhas frescas, pois não encosta em nada, em especial no HORROROSO vestido-bolo, inventado pela figurinista feat. inimiga.
  • Alguém botou Violeta Genciana na pasta de dentes Tandy sabor uva de Romina, só isso explica o tom lilás dos marfins.  Será essa a razão do batom sangue-coagulado? disfarçar?
  • O que dizer do cenário "paraíso dos espelhos"? É como se fosse um modelo gigante de uma decoração de bolo de quinze anos.
  • O botão da blusa de Al Bano perto do umbigo caiu, e a camisa começa a fazer boquinha e depois fica parecendo o tal tio do pavê depois do oitavo whisky.
  • Há dois stalkers tarados à beira do palco.  Só não sei se estão stalking Al ou Romina.
  • Eles tentam fazer dessa muósica algo com uma dancinha. #FAIL
  • Não consigo desgrudar os olhos da blusa faltando botão do Al.
  • As poses grandiosas dos dois, como se fossem mario lanza e montserrat caballé ... 
  • PURO AMOR NA CANÇÃO